Páginas

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Orgulho de ser Brasileiro !


E brincadeira como louvar a DEUS incomoda ne não !
Veja essa matéria abaixo tirado do site do YAHOO.




A comemoração do Brasil pelo título da Copa das Confederações, na África do Sul, e o comportamento dos jogadores após a vitória sobre os Estados Unidos causaram polêmica na Europa. A queixa é de que a seleção estaria usando o futebol como palco para a religião. A Fifa confirmou à Agência Estado que mandou um alerta à CBF pedindo moderação na atitude dos jogadores mais religiosos, mas indicou que por enquanto não puniria os atletas, já que a manifestação ocorreu após o apito final.
Ao final do jogo contra os EUA, os jogadores da seleção brasileira fizeram uma roda no centro do campo e rezaram. A Associação Dinamarquesa de Futebol é uma das que não estão satisfeitas com a Fifa e quer posição mais firme. Pede punições para evitar que isso volte a ocorrer.
Com centenas de jogadores africanos, vários países europeus temem que a falta de uma punição por parte da Fifa abra caminho para extremismos religiosos e que o comportamento dos brasileiros seja repetido por muçulmanos que estão em vários clubes da Europa. Tanto a Fifa quanto os europeus concordam que não querem que o futebol se transforme em um palco para disputas religiosas, um tema sensível em várias partes do mundo. Mas, por enquanto, a Fifa não ousa punir o Brasil.
"A religião não tem lugar no futebol", afirmou Jim Stjerne Hansen, diretor da Associação Dinamarquesa. Para ele, a oração promovida pelos brasileiros em campo foi "exagerada". "Misturar religião e esporte daquela maneira foi quase criar um evento religioso em si. Da mesma forma que não podemos deixar a política entrar no futebol, a religião também precisa ficar fora", disse o dirigente ao jornal Politiken, da Dinamarca. À Agência Estado, a entidade confirmou que espera que a Fifa tome "providências" e que busca apoio de outras associações.
As regras da Fifa de fato impedem mensagens políticas ou religiosas em campo. A entidade prevê punições em casos de descumprimento. Por enquanto, a Fifa não tomou nenhuma decisão e insiste que a manifestação religiosa apenas ocorreu após a partida. Essa não é a primeira vez que o tema causa polêmica. Ao fim da Copa do Mundo de 2002, a comemoração do pentacampeonato brasileiro foi repleta de mensagens religiosas.
A Fifa mostrou seu desagrado na época. Mas disse que não teria como impedir a equipe que acabara de se sagrar campeã do mundo de comemorar à sua maneira. A entidade diz que está "monitorando" a situação. E confirma que "alertou a CBF sobre os procedimentos relevantes sobre o assunto". A Fifa alega que, no caso da final da Copa das Confederações, o ato dos brasileiros de se reunir para rezar ocorreu só após o apito final. E as leis apenas falam da situação em jogo
Estive parando pra analisar quando que o mundao pega no pé de outras religiões !
O que falam e que pensamos que só nos CRISTÃOS estamos com a razão !
Eles esquecem que estamos sim , claro que sim , nos seguimos a BÍBLIA e se a BÍBLIA para nos e nosso GUIA de sobrevivencia nesse mundo doido estamos certos sim.
Muitas das religiões (com todo o respeito)usam a BÍBLIA como referencia , pegam uma frase daqui outra dali e transformam no que lhes e útil.
Reencarnacoes , Cientologia , Nova Era , enfim um monte de textos isolados usados para criar textos a fim de ser útil a um pretexto de se criar verdadeiras heresias.
Mais ok!
O que vale foi que no final o nome de JESUS foi engrandecido !nas camisas dos jogadores e na oração final.

Um comentário:

karen disse...

Somos um povo contra-cultura!
Bem, eu e meu esposo assistimos ao jogo e realmente ficamos muito orgulhosos de sermos brasileiros, não pela vitória, mas por podermos ser reconhecidos como uma nação que está prostrada diante do único e verdadeiro Deus! Uhhhhuuu isso é alucinante! Por muito tempo o mundo entendia o Brasil como o país do futebol e do samba, mas agora eles podem ver que somos uma nação que ora! É muito bom sermos reconhecidos por isso!
E como já sabemos a Igreja não cresce sem perseguição e essa posturas das confederações não é nenhuma novidade!
O que mais me impressiona é a incapacidade das pessoas de perceberem que não se trata de um ato religioso, mas de um fruto de vida plena!
Não estamos falando de cultura, porque a nossa cultura é missigenada e completamente laica, estamos falando de um povo contagiado pelo amor do único Deus, que não está em religião alguma!
Obrigada aos queridos irmãos, que são jogadores e que encararam essa luta e a tomaram para si! O reino de Deus é tomado por força mesmo e vcs, ah! vcs com certeza são guerreiros! E todos nós sabemos que nessa guerra a maior arma é o amor!
Ainda que seja definido que nunca mais poderemos expressar nosso amor em campo, podem ter certeza, esse time será lembrado como um time que sabe declarar o seu amor e reconhecer quem é o grande professor!

Agora sim posso dizer! Tenho orgulho de ser brasileira!

Karen Farias!